Há 4 anos trazendo o que tem de melhor de Dicas & Detonados.

On 02/09/2009 9 comentários


Dicas no fim do post

De pedras e tacapes a lasers e bombas atômicas. Se continuasse mais um pouco, talvez voltasse aos paus e pedras, como Einstein previu que seria a 4ª Guerra Mundial. Assim é o game de estratégia Empire Earth, da Sierra, que permite ao jogador começar comandando uma civilização na Pré-História e chegar ao futuro próximo, no meio de uma guerra tecnológica cheia de robôs com capacidade de fazer muito estrago. A idéia é muito interessante, mas fazer todo esse caminho pela história da humanidade exige paciência, muita paciência. A passagem de uma época a outra — são 14 no total, englobando 500 mil anos — é lenta, pois a exigência de recursos para avançar é bem alta. Assim, organizar sua civilização, colocando os civis para trabalhar e construindo seu exército, prédios e defesas, e ainda economizar comida, ouro e ferro para juntar o mínimo necessário e mudar de era leva intermináveis horas.

O negócio é, no início do jogo, restringir a época em que ele vai começar e terminar, ou mesmo definir que não vai haver avanço e a partida correrá só na era que mais te agrada. Assim, a curtição é bem maior.

Semelhante ao clássico Age of Empires, Empire Earth se diferencia pelos gráficos, bem melhores, com a possibilidade de aproximar o ângulo de visão com o botão de rolamento do mouse e ficar praticamente dentro da ação. Na prática, porém, jogar assim não dá certo, pois você perde a visão global do mapa.

Também é interessante no game a possibilidade de você criar sua própria civilização, em vez de optar entre 21 impérios diferentes. Entrando um pouco na praia dos jogos de RPG e games como Warcraft, Empire também tem heróis que servem para dar moral a suas tropas e são incansáveis numa batalha. Aníbal, Alexandre Magno, César e Henrique V são alguns deles. Curioso também é o profeta, criado nos templos. Ele é capaz de causar terremotos, maremotos e disseminar malária e peste nos seus adversários. No início, é um velhinho com uma bengala, mas, na época moderna e no futuro, aparece como um maluco pelado que se cobre com placas em que se lê: ‘‘The end is near (o fim está próximo)’’.

É bem divertido jogar no período da 1ªe da 2ªGuerra, com direito a mandar caças F-15 para combate, formar fileiras de tanques Panzer e enviar seus bombardeiros para dizimar o adversário com bombas atômicas. Isso é possível tanto em mapas aleatórios quanto em campanhas históricas. O que falta ao jogo realmente é agilidade. Um mercado para administrar os recursos das civilizações, como existe em games similares, já melhoraria muito. Voltando a comparar com Age of Empires, Empire Earth ganha em tecnologia, mas perde em jogabilidade.

Dicas

Empire Earth leva você a guerrear desde a Idade da Pedra até o futuro
Construa pelo menos uma casa perto do centro de sua cidade ou do capitólio. Elas não permitem aumentar sua população (desde o início do jogo, você pode criar civis e militares à vontade até o limite máximo pré-definido), mas fazem com que todos que estiverem próximos ganhem pontos de moral, ou seja, defendam-se e ataquem melhor.

Ao criar um novo assentamento, não esqueça de que ele só poderá servir para a produção de novos trabalhadores se for povoado. São necessários cinco civis para que ele vire um centro e 15 para tornar-se capitólio.

Faça hospitais, assim que possível, nas áreas mais importantes do seu território. Tropas e trabalhadores próximos a eles recuperam a saúde .

Não pule o tutorial. Ele dá dicas interessantes sobre pontos fracos e fortes de cada tipo de tropa. Além disso, o manual do jogo vem em PDF, o que torna a leitura um suplício.

Não deixe de mandar um bombardeiro soltar a bomba atômica nos inimigos. Ver o cogumelo é fera, mas o resultado é frustrante: só os prédios muito próximos à área da explosão são destruídos

Truques
durante o jogo aperte ENTER e digite:
------------------------------------
Todos os mapas e resources - my name is methos

1000 gold - atm

1000 wood - you said wood

1000 rock - rock&roll

1000 iron - creatine

boston food sucks- + 1.000 de comida

100.000 de todos os recursos: all your base are belong to us

Construção de todas estruturas completas: coffee train

Mapa completo - asus drivers

Mostrar todos os códigos - display cheat

Vencer o jogo - somebody set up us the bomb

Perder o jogo - ahhhcool

Sem comida: slimfast

Sem ouro: boston rent

Sem ferro: girlyman

Sem recursos: the big dig

Sem pedra: mine your own business

Sem madeira: uh, smoke?

Aviões reabastecidos em vôo: friendly skies

Renovar a energia do personagem: i have the power

Efeito desconhecido: bam

Evoluir para lvl.10 todas as unidades: the quotable patella

Ver peixes e animais: Columbus

Remover objetos do mapa - headshot

Mostrar todos os códigos - display cheat

9 comentários:

Postar um comentário

Comentários com ofensas serão automaticamente deletados !!! Obrigado pela colaboração!!!

Postagens populares

Adicione o nosso banner !

Adicione este banner em seu blog!